pre-jig

Como aquecimento para a JIG 2018, será realizado em parceria com o SEBRAE-SP um pré-evento com duas mesas-redondas que discutem questões contemporâneas ao campo da comunicação, audiovisual e educação. A mesa-redonda “Arranjos Produtivos do Audiovisual” busca debater sobre práticas de sinergia e convergência no campo da comunicação, em especial relacionadas aos Arranjos Produtivos Locais no contexto do mercado audiovisual brasileiro. Enquanto isso, “Educação Midiática” reúne pesquisadores que atuam na interseção entre comunicação e educação, afim de abordar como o movimento maker, o pensamento computacional e os observatórios de imprensa podem atuar como agentes educacionais.

A Pré-JIG 2018 será no dia 27 de agosto, no  Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa Sebrae (Palácio Campos Elíseos – Avenida Rio Branco, 1269).

Inscrição gratuita – https://www.doity.com.br/pre-jig2018

 

Programação detalhada

27/08/2018 (Segunda-feira) 

14:30h-16:00h
Mesa-redonda – Arranjos Produtivos do Audiovisual

Pretende-se debater sobre práticas de sinergia e convergência no campo da comunicação, em especial relacionadas aos Arranjos Produtivos Locais no contexto do mercado audiovisual brasileiro. O objetivo de compreender a implementação de centros transmídia capacitados para a inovação audiovisual.
Mediador: Francisco Belda (UNESP)
Debatedores: César Piva (Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais); Thiago Montelli (TJ Produções), Renato Nery (Spcine)

16:15-18:00h
Mesa-redonda – Educação Midiática

Discute perspectivas contemporâneas sobre a relação entre mídia e educação, abordando questões sobre como o movimento maker vem alterando formas de se  pensar e projetar através das tecnologias emergentes, a respeito de como as tecnologias computacionais permitem  que o processo de aprendizagem aconteça por meio de experimentações, ou mesmo como o jornalismo pode atuar como agente de educação midiática na sociedade.
Mediadora: Maira Gregolin (Centro Universitário Moura Lacerda)
Debatedores: Hermes Renato (UNICAMP), Dorival Rossi (UNESP), Pedro Varoni (ECA/USP), Diélcio Moreira (UFMT)

SOBRE OS CONVIDADOS

Francisco Belda
Professor do Departamento de Comunicação Social da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (Faac) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), no campus de Bauru, São Paulo. Professor e ex-coordenador do Curso de Jornalismo e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia (PPGMiT) da Unesp, no qual atua como vice-coordenador do Curso de Doutorado e membro do conselho do Curso de Mestrado Profissional. É professor visitante na Brandeis University, em Massachusetts, Estados Unidos. Doutor em Engenharia de Produção (EESC-USP), mestre em Ciências da Comunicação (ECA-USP) e bacharel em Jornalismo (PUC-Campinas). Tem experiência profissional como repórter e editor de jornais e revistas e como fundador, gerente e diretor de empresas de comunicação. (texto informado pelo autor).

Cesar Piva
Cesar Piva é gestor cultural com graduação em Sociologia. Nos últimos 20 anos vêm se especializando em programas de Cultura e Desenvolvimento Humano, Local e Sustentável, em especial, com experiência na organização de Territórios Criativos e Educativos em pequenas e médias cidades brasileiras.

Thiago Jesus Bellintani Montelli
Thiago Montelli é produtor, roteirista e diretor especializado em criação para multiplataformas. Atua na área de produção independente desde 2004. Realizou séries jornalísticas de TV, dirigiu documentários e atuou com publicidade e vídeos corporativos por quase 10 anos. Desenvolve e produz projetos online desde 2006, com destaque para a websérie “Improvável”, da Cia. Barbixas de Humor. Há três anos, decidiu focar sua atuação na área de formatos, criando e desenvolvendo conteúdos originais. Passou a estudar formatos televisivos de todo o mundo. Pesquisou a respeito de jogos, games e dinâmicas de competição. É especialista em Produção de Conteúdos Audiovisuais para Multiplataformas pela UFSCar.
Tem formatos negociados com diversos players, como a Freemantle Brasil. Finalizou recentemente sua primeira série infantil como diretor, “Pequenas Cenas Mudas”. É sócio-diretor da TJ Produções (www.tjproducoes.com.br)

Renato Nery
Graduado em Comunicação Social pela PUC-SP e desde 2003 atua no audiovisual colaborando com diversas políticas públicas para o setor como DOCTV, ANIMATV, FUNCINE ANIMACULTURA, TELEFILMES entre outras. Na TV Cultura criou a plataforma de desenvolvimento de projetos LUMLAB e implantou a Coordenação de Co-produção e Políticas Públicas até assumir em 2013 o fomento ao cinema da Secretaria Municipal de Cultura onde desenvolveu entre outros projetos a implantação da Spcine.

Pedro Varoni
Pedro Henrique Varoni de Carvalho é Diretor Editorial do Projor e do Observatório da Imprensa. Jornalista, possui doutorado em linguística- Análise do discurso – e cursando pós doutorado no Departamento de Informação e Cultura da Universidade de São Paulo.

Dorival Rossi
Professor na Universidade Estadual Paulista – UNESP BRASIL. Experiência Multidisciplinar em Educação, Design, Inovação e Tecnologia.. Criador do programa de pós-graduação Lato Sensu em Game Design e Jogos Digitais da UNESP e coordenador do Laboratório Maker de fabricação Digital 3D – SAGUI FAB LAB. Responsável pela ênfase em Design Digital do novo currículo do curso de graduação em design. Doutor pesquisador em Semiótica e Complexidade no Design; Filosofia Maker e as Novas Tecnologias. Atua principalmente com temas em Linguagens Contemporâneas, design de redes, tecnologias emergentes, Coletivos Inteligentes, Indústrias Criativas e as novas mediações entre o corpo físico (‘physis’), os suportes eletrônicos (‘tecknê’) e o espírito criativo (‘ânima’). Integra o comitê da Sociedade Brasileira de Design da Informação (SBDI); Líder do Grupo de Pesquisa em Projetos Integrados de Pesquisa On Line – P.I.P.O.L UNESP/CNPq; Holotopia Academy (IT). Coordenador do Laboratório Didático Digital – FOTOLAB UNESP; SAGUI FAB LAB (Maker Space); CINESHOT (Videos); UNESPLAY (Game) e PROJETO SOMA (design social). Orientador de Design no LTIA – Laboratório de Tcnologia da Informação Aplicada UNESP. Habilitado em EaD pela UNESP (design instrucional). Experiência em gestão de departamento (UNESP Design 2012/2013). Doutor em Comunicação e Semiótica (PUC 2003); Mestre em Comunicação Visual (USP 1996) e Arquiteto (USP 1990). Experiência docente internacional no curso de design da Universitat de Belles Arts de Barcelona – UB Espanha.

Hermes Renato
Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Utilizando um enfoque semiótico, realiza uma pesquisa acerca das relações entre as linguagens da matemática e da arte. Vem participando de exposições desde 1978. A partir de 1989 desenvolveu trabalhos utilizando as novas mídias eletrônicas: Fax, Xerox e Produção de Multimídias. Participou de vários eventos internacionais de Arte-Telecomunicação via Televisão de Varredura Lenta, Fax e Computador. Desde 1995 trabalha com instalações multimídia interativas e realiza sistemas hipermídias para rede local e internet junto com o grupo de artistas SCIArts – Equipe Interdisciplinar.

Maira Gregolin
Atualmente, conduz pós-doutorado pelo Centro Universitário Moura Lacerda com o projeto “O uso dos ferramentas digitais no contexto educacional: afinal, quem é esse novo leitor das telas táteis e interativas?”, conduzido numa primeira etapa intervenções junto a crianças com diagnóstico de autismo em escola regular no processo das Políticas Públicas de Inclusão. Mestre e Doutora em Artes Visuais pela UNICAMP. Nos últimos 10 anos, aperfeiçoou seus conhecimentos teóricos com atuação profissional na pesquisa e desenvolvimento de recursos digitais, tais como os jogos para as multiplataformas junto à desenvolvedora de games iMAX Games.

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page